O portal de Autónomos permite gerir a administração detalhando clientes, fornecedores, despesas, conta de exploração por meses, listas de faturas emitidas, recebidas, descriminação do I.V.A. e lista programada para apresentar a faturação de clientes e fornecedores, por trimestres, de mais de uma certa quantia. Em particular, 3.005 euros.

Independentemente do Sistema Fiscal adotado pelo Autónomo, o portal gera informação suficiente para saber, com apenas carregar no botão da Conta de Exploração mensal, saber se se está a ganhar ou a perder mensalmente. O seu uso, de forma continuada, apresenta a situação real a cada momento.

QUER VER UMA DEMO DO PORTAL AUTÓNOMOS? REGISTE-SE AQUI  

A Conta de Exploração mensal, detalhada, apresenta os conceitos seguintes:


Consumos de Exploração. Compras realizadas de mercadorias, matérias-primas e demais aquisições correntes de bens efetuados a terceiros.

Ordenados e salários. Retribuições aos funcionários por ordenados, subsídios, diárias e regalias por despesas de viagem, bem como remunerações em espécie.

Segurança social e outras despesas de pessoal. É incluída a Segurança Social por conta da empresa, bem como as cotações correspondentes ao titular da exploração. São incluídas as despesas de formação de pessoal, os contributos satisfeitos pelo empresário como promotor de um Plano de Pensões do qual resultem participantes os seus funcionários, ou dotações a sistemas alternativos para a cobertura de contingências análogas às dos citados Planos, sempre que forem dedutíveis fiscalmente. Ainda, as Indemnizações satisfeitas ao pessoal e qualquer outra despesa relacionada para o ressarcir de um dano ou prejuízo, seguros de acidente do pessoal da empresa que não seja considerado como pura liberalidade.

Arrendamentos e taxas. Despesas originadas pelo aluguer de bens móveis ou imóveis, bem como as quantias satisfeitas pelo direito de uso de patentes, marcas e demais manifestações da propriedade industrial.

Reparações e conservação. Despesas para a manutenção do Imobilizado, não incluindo-se os de ampliação e melhoramento. Entende-se por reparação o processo pelo qual coloca de novo em condições de funcionamento um elemento do Imobilizado. Por sua vez, a conservação tem por objeto manter o ativo em boas condições de funcionamento, mantendo a sua capacidade produtiva.

Serviços de Profissionais, fornecimentos e outros Serviços Exteriores. Importância que se satisfaz aos Profissionais pelos serviços prestados à empresa. Compreende os honorários de economistas, advogados, auditores, notários, etc., bem como as comissões de Agentes mediadores Independentes. Como Fornecimentos entende-se o consumo de energia, água, telefone e qualquer outro abastecimento que não tenha a qualidade de armazenável. Como Serviços Exteriores são os transportes, prémios de seguros, serviços bancários e similares, publicidade, propaganda e relações públicas, etc.

Tributos Fiscalmente dedutíveis. Tributos e sobretaxas não estatais, as isenções parafiscais, taxas, sobretaxas e contribuições especiais estatais, autonómicas ou municipais não elegíveis legalmente, sempre que incidam sobre os rendimentos computados ou os bens produtores dos mesmos e que não tenham caráter sancionador. São tributos fiscalmente dedutíveis, por exemplo, o I.A.E, o I.B.I. que recaia sobre os elementos afetos à atividade. Não são dedutíveis as sanções, a sobretaxa coercitiva e a sobretaxa por apresentação fora de prazo de declarações , liquidações e autoliquidações tributárias.

Despesas Financeiras. São incluídas todas as derivadas da utilização de recursos financeiros de terceiros para o financiamento das atividades da empresa ou dos seus elementos de ativo.

Amortização do Imobilizado. É despesa dedutível as quantias contabilizadas que, em conceito da amortização do Imobilizado, correspondam à depreciação efetiva que sofram os diferentes elementos por funcionamento, uso, desfrute ou obsolescência.

Outras Despesas fiscalmente dedutíveis. Devem ser consignadas todas as outras despesas que, tendo o caráter de dedutíveis, não figurem expressamente em anteriores capítulos. Como exemplo, sempre que existir uma adequada correlação com as receitas da atividade, a aquisição de livros, subscrição de revistas profissionais e aquisição de elementos não amortizáveis, despesas de assistência a Cursos, conferências, congressos, etc., quotas satisfeitas pelo empresário ou Profissional a corporações, câmaras ou associações empresariais legalmente constituídas.

demo-autonomosDESENVOLVIMENTO DAS OPÇÕES DA APLICAÇÃO


Faturas. Recebidas. Emitidas. Modelo de Impressão. Conceitos de Venda.

Listas. Faturas Recebidas. Faturas Emitidas. Conta de Exploração por meses. 347, valor variável.

Clientes.

Fornecedores.

Geral. Dados Gerais. Centro de suporte. Zona de descarga.

CONSULTE OS VÍDEO MANUAIS DA APLICAÇÃO NO NOSSO CANAL DO YouTube